Get Adobe Flash player

Possível venda de Artur, ex-Ceará, pode gerar boa receita para o Alvinegro

Possível venda de Artur, ex-Ceará, pode gerar boa receita para o Alvinegro 
 
Revelado nas categorias de base do Ceará, o atacante Artur, do Palmeiras, está sendo sondado pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O clube europeu demonstrou interesse na compra do jogador em uma negociação que gira próxima de 10 milhões de euros (R$ 45 milhões). O Diário do Nordeste apurou que o Vovô detém 30% dos direitos econômicos do atleta, além de um montante destinado a "Cláusula de Solidariedade", que é voltada ao período em que o jogador esteve nas divisões inferiores da equipe.
 
Caso o valor se confirme, a diretoria alvinegra poderá receber algo em torno de R$ 13,5 milhões. O Bahia também ganha um montante com a venda devido à taxa de vitrine. Vale ressaltar que o Palmeiras é dono de 70% dos direitos econômicos do atleta e tem contrato até o fim de 2021.
 
O interesse do Palmeiras no jogador ocorreu quando a equipe enfrentou o Ceará pelas oitavas da Copa Rio sub-17, em 2014. Na partida, vencida pelo Verdão de Gabriel Jesus, o cearense teve grande exibição e marcou um gol para o Alvinegro de Porangabuçu. Dias depois da partida, o time paulista solicitou a compra do atacante para reforçar a base paulista.
 
Natural da capital cearense, o atacante soma seis gols em 29 jogos pelo Bahia na temporada. Com 21 anos, Artur passou também por Grêmio Novorizontino e Londrina. Apontado como uma joia na base, foi convocado para a seleção brasileira e disputou o Sul-Americano sub-20 no Equador em 2017, ao lado de David Neres, Richarlison e Lucas Paquetá. No Palmeiras, perdeu espaço com o técnico Luiz Felipe Scolari e entrou na lista de empréstimo para ganhar experiência.
 
Outro Arthur
 

Com a mesma faixa etária e também oriundo do Ceará, o centroavante Arthur Cabral segue treinando no Palmeiras, atual campeão brasileiro. Contratado pelo Alviverde antes mesmo do término da Série A do Brasileiro de 2018, quando foi o principal destaque alvinegro, o jogador já entrou em campo quatro vezes, marcou um gol e tem contrato até 2024. 
 
Após a saída de Ricardo Goulart, que voltou ao futebol chinês, o atacante deve ganhar mais espaço no reinício do Brasileirão. O Palmeiras tem Deyverson como titular, além de Borja e Willian como opções para a posição.
 

 

Fonte: Diário do Nordeste -Alexandre Mota 

Divulgação: Site Eternamente Futebol 

No Palmeiras, Artur perdeu espaço com Felipão e acabou na lista de empréstimo para ganhar experiênciaFoto: divulgação / Palmeiras

Em 04/07/2019