Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Fortaleza estreia na Série A contra o Palmeiras no Allianz Parque

Fortaleza estreia na Série A contra o Palmeiras no  Allianz Parque
 

Palmeiras e Fortaleza iniciam o Brasileirão, em jogo cercado de expectativas no Allianz Parque. A partida começa às 19 horas e tem em campo os atuais campeões das Séries A e B medindo forças
 

Uma mistura de euforia com apreensão. Assim se pode fazer uma leitura do tamanho do desafio que o Leão terá hoje, quando estarão frente a frente os dois mais recentes campeões nacionais: o Palmeiras, dono do último título da Série A do Brasileiro, e o Fortaleza, campeão da Série B em 2018.
Por um lado, há uma euforia da torcida e do clube cearense, pelo fato de que se concretiza hoje um sonho que foi acalentado por anos, o de retorno do time à Série A, coisa que não ocorria desde 2006. É um momento grandioso para a agremiação, que viu seu crescimento mais acelerado desde 2017 até os dias atuais. De lá para cá, o Leão subiu da Série C para a B, conquistou esta divisão e ascendeu à Série A. Está classificado para as semifinais da Copa do Nordeste e entrará nas oitavas de final da Copa do Brasil.

 

Passado esse momento de êxtase, é hora de cair na realidade e observar que a estreia é uma tremenda pedreira. "O Palmeiras tem três times e qualquer deles seria titular em qualquer equipe do futebol brasileiro", avaliou o presidente do Leão, Marcelo Paz.
 
O elenco do Fortaleza está mais inclinado a aproveitar o momento de disputar uma Série A do que preocupado com o que pode acontecer ao longo da competição, a começar pela estreia. "A expectativa é grande, a gente sabe da dificuldade que é disputar um Campeonato Brasileiro e já começar com um jogo dificílimo contra o Palmeiras, na casa deles, onde a torcida empurra a equipe. Mas, a gente vai preparado. Estamos melhorando o nosso jogo. A gente viu no Campeonato Cearense, que começamos com altos e baixos, mas depois mantivemos uma regularidade muito boa", avaliou o volante Paulo Roberto, que deve ser titular na partida.
 
Escalação
 
Há incógnitas no que se refere ao time que o técnico Rogério Ceni lançará, a começar pelo gol, entre Marcelo Böeck, que é o titular na Copa do Nordeste, e Felipe Alves, que foi o goleiro menos vazado do Campeonato Cearense. Com estilos diferentes, ambos lutam pela preferência de Rogério Ceni.
 
Outra indefinição se refere ao esquema tático. Rogério Ceni manterá o estilo ofensivo, com quatro atacantes - Edinho, Osvaldo, Júnior Santos e Wellington Paulista - ou vai povoar mais a meia-cancha para dificultar as ações do Verdão?
 
Por sinal, o artilheiro do time na temporada, Júnior Santos, com 10 gols, deve reaparecer na formação principal. No banco de suplentes, o treinador poderá lançar mão do centroavante Kieza, que está vindo do Botafogo. Uma outra possibilidade é retirar um atacante e lançar o meia Dodô.
 
Palmeiras
 
O Verdão não manteve uma sequência vitoriosa no começo de temporada, visto que foi eliminado pelo São Paulo, na semifinal do Campeonato Paulista. Mas, garantiu classificação às oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecedência.
 
Felipão deve fazer algumas alterações com relação ao time que goleou o Melgar, do Peru, pela 5ª rodada da Copa Libertadores. É provável que o meia-atacante Ricardo Goulart retorne ao time. Além dele, Moisés e Borja também devem reaparecer na formação principal. E, possivelmente, Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Deyverson podem ser poupados do início do jogo.
 
 
Fonte: Diário do Nordeste - Ivan Bezerra 
Em 28/04/2019

Divulgação: Site Eternamente Futebol