Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Dos 23 convocados, somente seis já disputaram uma Copa do Mundo

Dos 23 convocados, somente seis já disputaram uma Copa do Mundo
 
O técnico Tite divulgou os convocados para disputar a Copa do Mundo com a Seleção Brasileira nesta segunda-feira, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Dos 23 selecionados, apenas seis atletas já vestiram a camisa verde e amarela em Mundiais (Thiago Silva, Marcelo, Paulinho, Fernandinho, Willian e Neymar), mas se engana quem pensa que o elenco que desembarcará na Rússia em junho é inexperiente.
 
Abaixo, você confere o perfil de cada um dos atletas lembrados na preciosa lista do treinador do time canarinho, que em junho desembarcará na Rússia em busca do hexacampeonato mundial.
 
Alisson Becker (estreante): Defendendo a Roma há duas temporadas, o goleiro de 25 anos deve ser titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Depois de amargurar a reserva em seu ano de estreia na Itália, o brasileiro assumiu a meta giallorossi e parece não ter sentido qualquer tipo de pressão, colecionando atuações seguras e virando alvo, inclusive, de outros gigantes da Europa, como Liverpool e Real Madrid, coincidentemente os finalistas da Liga dos Campeões.
 
Revelado pelo Internacional, clube pelo qual jogou durante cinco temporadas antes de ser negociado, Alisson vive a expectativa de jogar sua primeira Copa do Mundo. Desde que Tite assumiu o comando da Seleção, o goleiro atuou em 15 partidas, todas elas como titular.
 
Cássio (estreante): Ídolo do Corinthians, Cássio conquistou os principais títulos de sua carreira sob o comando de Tite. Contando com a confiança do treinador, o goleiro alvinegro concorreu com Neto, do Valencia, e Vanderlei, do Santos, pela vaga de terceiro guarda-meta do time canarinho.
 
Aos 30 anos, Cássio vive ótimo momento com a camisa do Timão e recentemente se sagrou bicampeão paulista. Ele é o único dos três goleiros que atua no Brasil e está prestes a disputar a sua primeira Copa do Mundo.
 
Ederson (estreante): Revelado pelo São Paulo, Ederson saiu cedo do Brasil e ganhou destaque no futebol europeu. Depois de duas ótimas temporadas com o Benfica, ele acabou sendo negociado com o Manchester City e logo em seu ano de estreia com o time inglês foi titular e se sagrou campeão nacional e da Copa da Liga Inglesa.
 
Ederson é a principal ameaça a Alisson pelo fato de ambos jogarem no mesmo nível e estarem acostumados a enfrentar os principais jogadores do mundo. Ao todo, o goleiro que é natural de Osasco esteve presente em 11 jogos da Seleção Brasileira. No último domingo, ele estendeu seu contrato com o Manchester City até 2025.
 
Marquinhos (estreante): Titular em grande parte do trabalho de Tite à frente da Seleção Brasileira, Marquinhos é o mais jovem entre os zagueiros convocados para a Copa do Mundo. Unanimidade no Paris Saint-Germain, o defensor acabou perdendo espaço nos últimos amistosos, em que Miranda e Thiago Silva formaram a dupla de zaga, contudo, é um dos atletas mais valorizados do elenco que irá à Rússia.
 
Aos 24 anos, Marquinhos jamais disputou um Mundial. Ainda assim, o zagueiro conta com seis temporadas no futebol europeu, cinco delas pelo Paris Saint-Germain, acostumado a rivalizar com os principais clubes do planeta.
 
Miranda (estreante): Miranda é um dos zagueiros mais experientes do elenco, ao lado de Thiago Silva. Com 33 anos, o jogador da Inter de Milão esbanja tranquilidade na defesa e só não foi titular no amistoso contra o Japão, em que Tite optou por testar alguns outros atletas.
 
Dos três candidatos a serem titular na zaga do Brasil na Copa, Miranda talvez seja o que mais esteja à frente na disputa, uma vez que esteve ao lado de Marquinhos e Thiago Silva na maioria das variações feitas por Tite. Apesar da experiência do atleta da Inter de Milão, esse será seu primeiro Mundial.
 
Thiago Silva: Presente nas Copas de 2010, na África do Sul, e em 2014, no Brasil, Thiago Silva é, junto com Miranda, um dos principais candidatos à faixa de capitão da equipe no Mundial. O zagueiro iniciou com Tite na reserva, mas aos poucos foi mostrando que tem futebol para ser um dos 11 titulares da Seleção na Rússia.
 
Principal líder do Paris Sanit-Germain, Thiago Silva conta com grande entrosamento com Marquinhos, companheiro de clube, o que pode ser um trunfo para a dupla deixar Miranda no banco. Em 2014, o zagueiro ficou marcado por ter ido aos prantos momentos antes da decisão por pênaltis contra o Chile, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2014, sendo criticado por muitos.
 
Geromel (estreante): Geromel foi uma das grandes surpresas da lista de Tite.  Convocado em apenas duas oportunidades pelo treinador para jogos oficiais, o zagueiro do Grêmio aproveitou as poucas chances que teve para convencer o comandante do time canarinho que tinha condições de assumir o quarto posto na defesa, vencendo a concorrência de Rodrigo Caio e Gil, que foram mais convocados do que ele.
 
Um dos principais pilares da conquista do tricampeonato da Libertadores com o Grêmio, Geromel foi um dos melhores em campo na final do Mundial contra o Real Madrid, graças à sua atuação segura frente aos melhores jogadores do planeta. Essa será sua primeira Copa do Mundo.
 
Marcelo: Presente na Copa do Mundo de 2014 e titular na vexatória derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, Marcelo é uma das grandes estrelas da Seleção Brasileira. Titular do Real Madrid, o lateral-esquerdo foi um dos jogadores garantidos na convocação pelo próprio Tite muito antes de ela ter sido divulgada.
 
Um dos seis remanescentes da Seleção que disputou o último Mundial, Marcelo quer reescrever sua história nas Copa do Mundo com o hexacampeonato. Porém, antes disso ele terá uma outra missão importantíssima: vencer pela terceira vez seguida a Liga dos Campeões com o Real Madrid. Justamente por conta da decisão, ele será um dos três atletas brasileiros a se juntarem ao time canarinho mais tarde, já na Europa.
 
Fagner (estreante): Titular absoluto no Corinthians, onde já trabalhou com Tite, Fagner era o favorito
à vaga de reserva de Daniel Alves. Com a lesão do jogador do PSG, sua presença foi praticamente confirmada junto de Danilo, com quem concorrerá pela condição de titular do Brasil na Copa da Rússia.
 
Essa será a primeira Copa do Mundo de Fagner. O lateral-direito esteve presente em 15 jogos da Seleção Brasileira desde que Tite assumiu o comando da equipe e agora resta apenas a dúvida se ele será o titular no setor.
 
Filipe Luís (estreante): Outro atleta experiente, Filipe Luís também fará sua estreia em Copas do Mundo aos 32 anos. Presente no time canarinho há tempo, o lateral-esquerdo se recuperou recentemente de uma fratura na fíbula e venceu a forte concorrência de Alex Sandro, da Juventus. Unanimidade no Atlético de Madrid, ele será a grande sombra de Marcelo.
 
Danilo (estreante): Outro jogador do Manchester City convocado, Danilo recebeu a grande oportunidade de disputar a Copa do Mundo com a lesão de Daniel Alves. Embora tenha atuado na maioria das vezes nesta temporada como lateral-esquerdo improvisado por conta da lesão de Mendy, o jogador de 26 anos recebeu um voto de confiança de Tite e terá a chance de dar a volta por cima após não ter conseguido corresponder com a camisa do Real Madrid.
 
Casemiro (estreante): Titular absoluto no Real Madrid e na Seleção Brasileira, Casemiro será o cabeça de área do time de Tite na Copa do Mundo. Em ótimo momento na carreira, o volante é outro atleta que se juntará ao restante do elenco canarinho já na Europa, uma vez que disputa a final da Liga dos Campeões no próximo dia 26 de março, contra o Liverpool, em Kiev, na Ucrânia.
 
Aos 26 anos, Casemiro vive a expectativa de disputar sua primeira Copa do Mundo. O volante, que soma três temporadas como titular do Real Madrid, deve formar o meio-campo da Seleção com Paulinho e mais um jogador, que provavelmente deve ser Fernandinho ou Renato Augusto. Philippe Coutinho, se recuado, pode entrar nessa lista.
 
Paulinho: O mundo deu muitas voltas para Paulinho desde que Tite assumiu a Seleção Brasileira. Em dois anos, ele foi de esquecido no futebol chinês a peça importante do Barcelona, que decidiu investir no jogador depois de ele ter demonstrado um ótimo desempenho com a camisa canarinho.
 
Pilar da Seleção Brasileira, Paulinho vai para a sua segunda Copa do Mundo. O jogador estava em campo na goleada por 7 a 1 da Alemanha, no Mineirão, e busca se reerguer do vexame com um título mundial, o que coroaria o melhor momento de sua carreira. Ele é mais um dos atletas que já trabalham com Tite em seus tempos de Corinthians.
 
Renato Augusto (estreante): Um dos líderes do elenco, Renato Augusto caiu de rendimento na reta final de preparação e passou a ser reserva da Seleção Brasileira. No entanto, seu papel no grupo é elementar. Presente também no título olímpico do Brasil no Rio 2016, o volante de 30 anos deve ficar como opção depois de acompanhar toda a trajetória de Tite à frente da equipe pentacampeã mundial.
 
Renato Augusto é o único dos convocados que atua no futebol chinês. Jogador do Beijing Guoan, o volante costuma fazer um trabalho à parte, inclusive se apresentando antes à comissão técnica por conta do baixo nível técnico e físico do futebol de onde atua.
 
Fernandinho: Campeão inglês e da Copa da Liga Inglesa com o Manchester City, Fernandinho ficou marcado como um dos piores jogadores em campo no 7 a 1. O volante, no entanto, agora vive a expectativa até de ganhar uma chance como titular por conta do declínio de Renato Augusto.
 
Essa será a segunda Copa do Mundo de Fernandinho. Inspirado pelo ótimo futebol desempenhado sob o comando de Pep Guardiola, o volante vive momento bem diferente daquele de 2014 e é um dos principais jogadores da posição na atualidade.
 
Fred (estreante): Especulado no Manchester City, Fred carimbou sua vaga com as excelentes atuações na Liga dos Campeões com Shakhtar Donetsk. Aos 25 anos, ele foi uma das surpresas da lista divulgada por Tite e venceu a concorrência de nomes como Giuliano, do Fenerbahce, e Arthur, do Grêmio.
 
Willian: Aos 29 anos, Willian é um dos convocados que vive seu melhor momento. Embora nesta temporada tenha alternado períodos como titular e outros como reserva do Chelsea, o meia-atacante foi o “substituto” de Neymar nos últimos amistosos do Brasil por conta da lesão do atacante do PSG. Essa será a segunda Copa do Mundo de Willian, presente também no Mundial de 2014, no Brasil.
 
Phillipe Coutinho (estreante): Recém-transferido para o Barcelona, Phillipe Coutinho é a segunda grande estrela da Seleção. As excelentes atuações por Liverpool e agora pelo Barça não deixam dúvidas sobre a capacidade do meia, que chegará à Rússia como um dos destaques do torneio.
 
Com somente 25 anos, Coutinho jogará seu primeiro Mundial. Presente em 20 partidas com a Seleção Brasileira, o meia pode atuar aberto na direita ou mais recuado, como um terceiro homem no meio-campo. Caso Tite opte pela segunda via, Willian entra no time titular.
 
Gabriel Jesus (estreante): Com apenas 21 anos, Gabriel Jesus é o mais jovem desse grupo. O atacante encerrou sua temporada no último fim de semana com um gol de placa que garantiu os 100 pontos do Manchester City no Campeonato Inglês. Treinado por Pep Guardiola, ele é uma das grandes promessas do futebol mundial e da Seleção Brasileira na Rússia.
 
Ele é um dos três convocados que também faturaram a medalha de ouro olímpica no Rio de Janeiro. Titular no ataque, Jesus terá de lidar com a grande concorrência de Roberto Firmino, que está voando com a camisa do Liverpool.
 
Roberto Firmino: O atacante é o último que se apresentará à Seleção já na Europa. Titular absoluto do Liverpool, ele terá a missão de erguer a sexta Liga dos Campeões do clube inglês antes de voltar o foco no Mundial, que será, inclusive, o primeiro de sua carreira.
 
Douglas Costa (estreante): Embora tenha se lesionado bastante durante as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa, Douglas Costa garantiu sua vaga nos últimos dois amistosos do Brasil, contra Rússia e Alemanha. Vivendo grande momento na Juventus, o atacante tem perfil velocista e é outra ótima alternativa pelas beiradas de campo.
 
Taison (estreante): O atacante talvez seja a principal surpresa da lista de Tite. Presente em 12 partidas do time canarinho, Taison, que defende o Shakhtar Donetsk, jamais atuou em outro clube da Europa e é considerado o 23º atleta da preciosa lista canarinho.
 
Neymar: Grande estrela da Seleção, Neymar se prepara para a sua segunda Copa do Mundo. Recém-recuperado de uma lesão no pé direito, o camisa 10 espera que desta vez tenha um pouco mais sorte do que teve em 2014, quando ficou fora da semifinal por conta de uma contusão na vértebra.
 
Sem ter participado da reta final da atual temporada, se recuperando no Brasil, Neymar deve chegar à Rússia em ótima forma física, já que não está tendo de lidar com o mesmo desgaste que outros jogadores importantes que atuam na Europa vem enfrentando.
 
 
Fonte: Gazeta Esportiva 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Vídeos: https://videos.gazetaesportiva.com/