Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Com gol nos acréscimos, Guarani vence CRB e respira na Série B

Com gol nos acréscimos, Guarani vence CRB e respira na Série B
 
 
Neste sábado, o Estádio Brinco de Ouro recebeu um jogo de duas equipes desesperadas na Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo muito ruim tecnicamente, o Guarani venceu o CRB na reta final por 2 a 1 e respirou na luta contra o descenso para a Série C. Parte dos gols saíram no primeiro tempo e praticamente de forma seguida. O time da casa abriu o placar aos 29 e o adversário empatou aos 34. No segundo tempo, o gol salvador veio nos acréscimos.
 
A vitória do Bugre rebaixou matematicamente a equipe do Santa Cruz a Série C e agora resta apenas uma vaga para o descenso. Nos três últimos jogos, o Bugre terá pela frente o duelo contra o Londrina, um confronto direto contra o Luverdense e, na última rodada, enfrenta o Internacional. Já o time de Maceió terá dois confrontos contra equipes que figuram na parte de cima da tabela, contra Paraná e América-MG. O jogo que resta será diante do Goiás, com os mesmos objetivos de evitar o descenso.
 
O JOGO
 
A primeira etapa teve momentos bem distintos durante o jogo. O início foi bem equilibrado, com as equipes abusando das ligações diretas, dos cruzamentos para área e dos lançamentos. A primeira chance veio com o time visitante. Aos 11 minutos, Tinga pegou de primeira a bola que sobrou, mas teve chute defendido por Leandro Santos. A resposta veio logo em seguida. Após cruzamento de Fumagalli, Richarlyson cabeceou para boa defesa de Edson Kolln.
 
A posse de bola era maior do CRB que, aos poucos, tentava trocar passes no meio-campo e evitar os contra-ataques da equipe do Guarani. Tecnicamente fraca, a partida ganhou emoção com o gol do Guarani. Aos 29 minutos, Luiz Fernando aproveitou um corte errado da defesa adversária e chutou rasteiro para abrir o marcador.
 
A resposta e o empate do CRB não demorou a acontecer. Aos 34 minutos, o zagueiro Flávio Boaventura, que havia falhado no gol do Guarani, completou de cabeça o cruzamento para área e igualou o marcador. A bola acabou passando por dois defensores do Bugre, que não conseguiram cortar e viram o adversário marcar.
 
Aos 42 minutos Fumagalli teve boa chance de colocar o time de Campinas na frente do placar. O experiente meio-campista limpou a jogada e arriscou de fora, mas a bola acabou apenas assustando o goleiro Edson Kolln e passando perto da meta do CRB.
 
O segundo tempo começou com o Guarani mais incisivo no campo de ataque. Logo no primeiro minuto a equipe da casa chegou em uma cobrança de escanteio. Richarlyson bateu direto para o gol, tentando fazer olímpico, mas Edson Kolln fez boa intervenção. Aos oito, Chico fez boa jogada pela linha de fundo e Jussani apareceu de forma providencial para fazer o corte e evitar o tento iminente.
 
Após os 10 primeiros minutos, o time do CRB se soltou mais e começou a assustar o goleiro Leandro Santos. Aos 11 o arqueiro evitou uma grande chance de Chico e logo em seguida fez ótima defesa na cabeçada de Flávio Boaventura, que completou a cobrança de falta batida por Marcos Martins.
 
As propostas de jogo ficaram bem definidas no decorrer do segundo tempo. Enquanto o time do Guarani tentava os lançamentos e aproveitar as segundas bolas vindas dessas jogadas longas e de tiro de metas, o CRB ameaçava nas bolas paradas, sempre perigosas para o goleiro bugrino. Sem conseguir infiltrar nas defesas, a alternativa era o chute de longa distância e, dessa forma, saíram lances perigosos, como o chute de Yuri que Leandro Santos apenas torceu para não entrar.
 
Jogando em casa, a opção do Guarani foi se lançar ao ataque nos minutos finais e tentar por meio da pressão marcar o segundo gol, que conseguiu já nos acréscimos. Bruno Mendes entrou no decorrer do jogo para marcar o gol salvador aos 46 minutos. O atacante desviou o cruzamento para área e deu o triunfo ao Bugre, que deu um grande passo rumo a permanência na Série B.
 
FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 1 CRB
 
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 10 de novembro de 2017, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Claudio Francisco Lima E Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Ailton Farias da Silva (SE)
GOLS:
GUARANI: Luiz Fernando, aos 29 minutos 1°T; Bruno Mendes, aos 46 minutos 2°T
CRB: Flávio Boaventura, aos 34 minutos 1°T
CARTÕES AMARELOS: Willian Rocha (Guarani), Flávio Boaventura (CRB), Betinho (Guarani), Paulinho (Guarani)
GUARANI: Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Betinho, Baraka e Luiz Fernando (Juninho); Fumagalli (Paulinho), Richarlyson (Bruno Mendes); Caíque
Técnico: Lisca
CRB: Edson Kölln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Yuri, Edson Ratinho, Tinga(Tony) e Rodrigo Souza; Chico (Erick Salles) e Neto Baiano (Zé Carlos)
Técnico: Mazola Júnior
 
Fonte: Gazeta Esportiva 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Guarani marcou na reta final e garantiu o triunfo (Foto: Divulgação)
VEJA A TABELA COMPLETA