Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Fla e Cruzeiro empatam primeiro duelo da final da Copa do Brasil

Fla e Cruzeiro empatam primeiro duelo da final da Copa do Brasil
 
Flamengo e Cruzeiro fizeram um jogo sem grandes emoções, mas muito disputado na noite desta quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de ida da grande final da Copa do Brasil. O empate por 1 a 1 levou a definição para o jogo de volta, dia 27 de setembro, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), onde quem ganhar vai dar a volta olímpico. Qualquer empate levará a disputa para os pênaltis, pois na decisão o gol como visitante não é qualificado. Lucas Paquetá, em impedimento e após toque de mão de Arão, abriu o marcador no segundo tempo, mas De Arrascaeta definiu a igualdade depois de uma falha do goleiro Thiago.
 
A partida começou conforme se espera em uma decisão, com as duas equipes se estudando. Surpreendentemente o Cruzeiro adiantava mais a sua linha de marcação e por isso criou a primeira oportunidade, em chute de fora da área de Thiago Neves, que fez a bola passar sobre o gol aos seis minutos. A resposta do Flamengo veio no minuto seguinte, quando Diego cruzou, Berrío apareceu livre e cabeceou para a defesa do goleiro Fábio.
 
Escalado na vaga de Alex Muralha, alvo de algumas polêmicas ao longo da semana e criticado pela torcida, o goleiro Thiago fez a primeira defesa aos oito minutos, em chute de Alisson. Já Fábio operou um milagre aos 26 minutos, no primeiro lance de real perigo do jogo. Diego cruzou e Willian Arão cabeceou para o arqueiro espalmar. No minuto seguinte Fábio voltou a intervir em um chute de Berrío, dessa vez mais fraco.
 
Com o passar do tempo a ordem do jogo se inverteu e o Flamengo passou a marcar mais no campo do Cruzeiro, que já não tinha mais a mesma facilidade de partir com a bola dominada de trás. O Rubro-Negro, assim, esteve mais presente no ataque e aos 37 minutos Diego quase surpreendeu Fábio em chute de fora da área, mas o goleiro cruzeirense defendeu.
 
A volta para o segundo tempo apresentou o Flamengo novamente mais presente no campo de ataque, mas dessa vez com o Cruzeiro um pouco melhor posicionado para os contra-ataques, tanto que os mineiros quase abriram o placar. Aos 12 minutos Diogo Barbosa cruzou, Alisson pegou de primeira e Thiago fez uma grande defesa. Na cobrança do escanteio, Raniel, que tinha acabado de entrar, desviou sobre o gol.
 
Aos 26 minutos o Flamengo assustou pela primeira vez. Após jogada de Berrío pela direita, Fábio espalmou e Willian Arão chutou para uma nova defesa do goleiro cruzeirense.
 
O Flamengo conseguiu abrir o marcador aos 31 minutos. Diego cobrou escanteio, Rever chutou de primeira, Fábio fez grande defesa, mas deu rebote nos pés de Lucas Paquetá, que, em impedimento, escorou para o fundo da rede. Um desvio de Willian Arão antes do complemento de Paquetá colocou o flamenguista em posição irregular, não percebida pelo trio de arbitragem.
 
Quando o Cruzeiro parecia dominado, o time mineiro conseguiu o empate aos 38 minutos. Hudson chutou de fora da área, Thiago falhou ao dar rebote para a frente e De Arrascaeta, que tinha acabado de entrar, completou para o fundo da rede, definindo o marcador.
 
As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, na 23ª rodada, às 19h (de Brasília). O Flamengo fará o clássico carioca com o Botafogo no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, enquanto que o Cruzeiro visita a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó (SC).
 
FICHA TÉCNICA

FLAMENGO-RJ 1 X 1 CRUZEIRO-MG
 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de setembro de 2017 (Quinta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Renda: R$ 7.039,230
Público: 56.135 pagantes
Cartões amarelos: Everton (Flamengo) e Rafael Sóbis, De Arrascaeta e Raniel (Cruzeiro)
Gols:
FLAMENGO:
 Lucas Paquetá, aos 31 minutos do 2º Tempo
CRUZEIRO: De Arrascaeta, aos 38 minutos do 2º Tempo
FLAMENGO: Thiago, Rodinei (Vinícius Junior), Réver, Juan e Pará; Márcio Araújo (Gustavo Cuéllar), Willian Arão e Diego; Orlando Berrío, Lucas Paquetá (Gabriel) e Everton
Técnico: Reinaldo Rueda
CRUZEIRO: Fábio, Ezequiel, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho, Thiago Neves (De Arrascaeta) e Alisson (Rafinha); Rafael Sobis (Raniel)
Técnico: Mano Menezes
 
 
Fonte: Gazeta Esportiva
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Foto: globo esporte 
VEJA A TABELA COMPLETA