Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Reforço colombiano do Palmeiras teve três ofertas da Europa

Reforço colombiano do Palmeiras teve três ofertas da Europa
 

O Palmeiras teve de superar a concorrência de Wolfsburg, Leverkusen e Benfica para contratar o zagueiro colombiano Yerry Mina, de 21 anos. Detalhe: os clubes europeus tinham oferecido um valor superior ao Verdão para fazer negócio.

 

Para convencer o Santa Fé a abrir mão das propostas em euro, a diretoria palmeirense deixou 20% de uma futura venda para o time de Medellín e ainda discute uma parceria, cujos termos são mantidos em sigilo.

 

Não está descartada a chance de o Palmeiras liberar algum jogador por empréstimo ao atual campeão da Copa Sul-Americana — os gringos Mouche, Tobio e Mendieta, que voltam ao Verdão em breve, poderiam entrar no acordo por Mina.

 

A pedido do Santa Fé, o Palmeiras não divulgará o valor investido na contratação — na Colômbia, especula-se que ele custou R$ 12 milhões. E Mina só estará à disposição de Cuca para treinos no fim de maio — ele disputará o restante do Campeonato Colombiano. Como a janela de transferências internacional ficará fechada até a metade do ano, o beque nem poderia estrear. Há a hipótese de Mina estrear só no 2 semestre, caso seja convocado para a Copa América e para a Olimpíada.

 

Contato zero:

Robinho e Lucas deixaram o Palmeiras sem se despedir de Cuca. Antes de fecharem com o Cruzeiro, o meia e o lateral foram informados de que dificilmente jogariam, por opção do técnico, se continuassem.

 

Presentinho:

Se não falou tchau a Cuca, Robinho fez questão de dar uma camisa assinada a Fernando Prass, que retribuiu da mesma maneira. No começo do ano, existia o boato de que eles eram inimigos.

 

 

Jorge Nicola - Yahoo Esportes