Colunas - Eternamente Futebol

Parabéns ao profissionalismo do técnico Cuca , do Santos Futebol Clube

Erroneamente , alguns técnicos brasileiros valorizam algumas competições e dão menos importância a outras, Não é o caso do técnico do Santos. Mesmo vindo de um jogo difícil na cidade de Manta , no Equador , pela Libertadores contra o Delfín , o técnico santista desconsiderou o cansaço do elenco e não poupou jogadores no confronto contra o Tricolor do Pici. Cuca não acredita que o desgaste tenha interferido no desempenho do time no segundo tempo, quando sofreu o gol que definiu o placar final de 1 x 1.

Como funciona a formação de técnicos na Argentina e no Brasil

Não é raro de se acompanhar a recorrente discussão sobre técnicos brasileiros: são ultrapassados? O tema esfria e esquenta dependendo das circunstâncias do futebol nacional. Trazendo números para o debate, o Centro Internacional de Estudos Esportivos (CIES), divulgou uma análise em junho com as nacionalidades dos treinadores espalhados pelo mundo. A Argentina lidera com folga, enquanto o Brasil guarda posição num modesto nono lugar. 

O Atual Futebol Moderno é Antigo

O futebol praticado pela lendária seleção húngara (O Time de Ouro , Os Mágicos Magiares ) da década de 1950 e pelas lendárias seleções brasileiras de 58, 70 e 82 , além do futebol total (Carrossel holandês) praticado pela seleção holandesa de 1974 estabeleceram os fundamentos que aliados aos avanços da "ciência esportiva" sustentam o que hoje chamamos de futebol moderno. A rigor, somente essas seleções conseguiram produzir algo de realmente inovador para o futebol.

O sucesso do técnico tem relação direta com a qualidade do elenco que ele comanda , com raras exceções

Discordo em parte da ideia de que técnicos estrangeiros deixarão legado tático para o futebol brasileiro

 

Nosso futebol é pentacampeão do mundo com técnicos brasileiros. Nosso futebol conquistou dez títulos mundiais de clubes com técnicos brasileiros. A meu ver, o legado que os técnicos estrangeiros podem deixar é a exigência no sentido de cobrar mais profissionalismo dos jogadores. Eles não toleram "barca", contrariamente à maioria dos treinadores brasileiros. Também são mais dedicados e estudiosos, nestes aspectos , sim, eles podem deixar exemplo , mas no aspecto tático e técnico não considero que vão deixar contribuição.

 

História e função social do rádio

Apesar do advento da televisão e da internet, o rádio não perdeu sua pose e continua sendo um dos veículos de comunicação de maior impacto e repercussão, embora as rádios atuais, com exceções, tenham perdido muito a qualidade em suas programações. Três fatores principais contribuem para que o rádio continue forte:"seu caráter imediatista, a facilidade de produção e transmissão".

Seleção Brasileira à procura do que perdeu: sua identidade

Qual a característica central do futebol brasileiro e consequentemente da nossa Seleção? Simples de responder: equilíbrio entre futebol-arte e conquista de vitórias.A meu ver,essa identidade foi perdida a partir da última conquista do tricampeonato no México, com o desmantelamento por razões diversas,daquela Seleção:Félix,Carlos Alberto, Brito, Piazza, Everaldo; Clodoaldo, Gérson, Rivelino; Jairzinho, Tostão , Pelé. A tentativa de resgate dessa identidade foi realizada duas vezes pelo mestre Telê Santana nas Copas de 1982 e 1986.Contudo , dizem os especialistas que a Copa de 1990 é o divisor entre o futebol antigo,o chamado futebol-arte e o futebol moderno,aquele que se preocupa mais com o resultado,e para isso privilegia a retranca , a marcação  e a força.Entendo que o futebol-arte da nossa Seleção já não mais existia na Copa de 1974. 

Flamengo e Corinthians possuem as maiores torcidas por causa dos torcedores "terceirizados" do Norte e Nordeste

É importante saber o que caracteriza o torcedor misto ou terceirizado. Os torcedores mistos desenvolvem simpatia por um time de seu estado ou  região, mas torcem também por clubes das regiões Sul e Sudeste, principalmente,  ou por times estrangeiros.

O torcedor "terceirizado" é aquele que não torce por nenhum time de seu estado ou região , torce somente por clubes de fora, por julgar que as agremiações  de sua região são fracas e só servem para "apanhar" dos times das regiões mais ricas do país. Essa quantidade de torcedores é bem menor que a dos mistos; Todavia, o  torcedor misto pode ser, também, chamado de "torcedor terceirizado"

A IRRACIONALIDADE DO PAGAMENTO DE SALÁRIOS ASTRONÔMICOS A TÉCNICOS DE FUTEBOL

A irracionalidade do pagamento de salários exorbitantes a técnicos de futebol ( incluindo toda a Comissão Técnica) tem sido uma das razões para a "quebradeira" dos grandes clubes brasileiros.

Ora, a Comissão Técnica não é diretamente responsável pelo sucesso do time que dirige , já que o bom desempenho com a consequente conquista de títulos , depende basicamente da qualidade do elenco que o treinador tem a seu dispor , então por que os grandes clubes brasileiros insistem em continuar pagando salários astronômicos a técnicos de futebol , inclusive ,  totalmente fora da realidade da condição financeira desses clubes? Listo um exemplo:

Páginas